PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Ex-prefeito de Juazeiro do Norte é condenado à prisão por desvio de verba escolar durante a sua gestão

Raimundo Macedo, seu filho Mauro Macedo e outras três pessoas teriam montado esquema criminoso, causando prejuízo superior a R$ 527 mil aos cofres públicos

18:06 | 22/03/2021
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )

O ex-prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo, o Raimundão, foi condenado à prisão por desvio de verbas da merenda escolar e lavagem de dinheiro, em ação penal movida pelo Ministério Público Federal (MPF). Outras quatro pessoas também foram condenadas por envolvimento no esquema, dentre elas o filho do ex-gestor, Mauro Macedo. O desfalque resultante da atividade ilícita é superior a R$ 527 mil.

De acordo com a sentença, Raimundo Macedo deve cumprir pena de 11 anos e 5 meses em regime inicialmente fechado. A Justiça condenou o ex-prefeito pelos crimes de responsabilidade e de lavagem de dinheiro, atribuindo também ao réu o pagamento de multa de 98 salários mínimos, tendo como referência o valor pago em 2013.

Mauro Macedo, por sua vez, foi condenado a 13 anos e 5 meses de prisão e ao pagamento de 243 salários mínimos como multa. Os demais condenados, Heghbertho Gomes Costa, Jarbas Landim Cruz e Cícero Hélio Inácio de Sales, que participaram ativamente do esquema ilícito, receberam penas que variam de 7 a 13 anos de prisão, além de pagamento de multa.

Raimundo Macedo foi prefeito de Juazeiro do Norte durante os anos de 2013 a 2016, tendo sido afastado no seu último ano de seu mandato por determinação do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), após denúncias do Ministério Público do Estado (MPCE) que o acusava dos crimes de associação criminosa, concussão e lavagem ou ocultação de bens e valores.