PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Com UTIs lotadas no Ceará, manifestantes fazem carreata contra lockdown em Fortaleza

Em Fortaleza, a manifestação acontece no momento em que o Ceará vive o auge da segunda onde de Covid-19. Com UTIs lotadas, Estado chegou a 12.239 óbitos em decorrência da doença neste sábado, 13.

Filipe Pereira
14:37 | 14/03/2021
Manifestantes protestam contra lockdown no Ceará (Foto: Divulgação/Twitter)
Manifestantes protestam contra lockdown no Ceará (Foto: Divulgação/Twitter)

Um grupo de manifestantes realizou neste domingo, 14, uma carreata em Fortaleza para protestar contra o decreto de lockdown em todo o Estado. A ação, que descumpre o que foi estipulado por decreto governamental desde o dia 11 de março - em vigor até o dia 28 deste mês -, contou com a participação de pessoas fora dos veículos e sem máscaras. 

Em vídeos nas redes sociais, um grupo simpatizante do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), passou pela avenida Desembargador Moreira, em frente à Assembleia Legislativa do Ceará (ALCE), e seguiu rumo ao viaduto da avenida Raul Barbosa.

Em Fortaleza, a manifestação acontece no momento em que o Ceará chega a 469.723 casos confirmados de Covid-19 e 12.239 óbitos em decorrência da doença neste sábado, 13 de março. Com UTIs lotadas, o Estado vive o auge da segunda onda da pandemia. 

O deputado André Fernandes (Republicanos), defensor do movimento e crítico do lockdown, divulgou nas redes sociais um publicação onde afirma ter acompanhado a prisão de alguns manifestantes. Ele também instigou a continuidade do ato. "O objetivo do Governador é colocar medo no povo, mas não conseguirão! VAMOS PRA RUA!!!", disse.