PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

"Repara um erro grave e histórico", diz Camilo sobre decisão em prol de Lula

Camilo afirmou que sempre defenderá a lei, mas jamais "utilização das mesmas para perseguir e prejudicar"

17:39 | 08/03/2021
Camilo e Lula durante evento em Quixadá, em 2018 (Foto: FÁBIO LIMA)
Camilo e Lula durante evento em Quixadá, em 2018 (Foto: FÁBIO LIMA)

O governador Camilo Santana (PT) saiu em defesa da decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que anulou as condenações do petista na operação Lava Jato, no âmbito da 13ª Vara Federal de Curitiba. 

"Decisão do ministro Edson Fachin, do STF, sobre o ex-presidente Lula, repara um erro grave e histórico. Ninguém deve estar acima da lei. Ninguém! Nem julgados, nem julgadores. Sempre defenderei as leis e a Justiça. Mas, jamais, a utilização das mesmas para perseguir e prejudicar", ele escreveu em defesa de Lula. 

Camilo vive situação politicamente complicada. É correligionário de Lula, mas aliado de Ciro Gomes. O cearense será candidato novamente à Presidência da República. Com a decisão de Fachin, Lula é naturalmente o postulante do Partido dos Trabalhadores.