PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Para Bolsonaro, povo brasileiro não quer nem pensar em Lula eleito na disputa de 2022

Em resposta ao jornal CNN, o mandatário criticou a decisão monocrática do ministro e afirmou que o magistrado "tem forte ligação com o PT".

Filipe Pereira
18:20 | 08/03/2021
Presidente da República, Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Presidente da República, Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente Jair Bolsonaro comentou na tarde desta segunda-feira, 8, a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, que anulou todas as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em processos da Operação Lava Jato. Em resposta ao jornal CNN, o mandatário criticou a decisão monocrática do ministro e afirmou que o magistrado "tem forte ligação com o PT". 

Bolsonaro lembrou que a medida ainda precisa passar por demais membros da Corte do STF. Ele aproveitou para atacar o Lula, agora livre para ser seu adversário na sucessão presidencial em 2022. "Todo mundo foi surpreendido com isso. Foi uma administração catastrófica do PT no governo. Eu acredito que o povo brasileiro não queira sequer ter um candidato como esse em 2022, muito menos pensar numa possível eleição dele. você poder, ver a bolsa foi lá pra baixo e o dólar lá para cima", disse.