PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Freixo comemora decisão de Fachin que anulou condenações de Lula: "Vitória da democracia e do Estado de Direito"

O deputado federal criticou a atuação do ex-juiz Sérgio Moro. Segundo ele, o julgamento que condenou Lula foi "viciado, político e recheado de fraudes processuais"

17:03 | 08/03/2021
RIO DE JANEIRO  RJ 14-12-2018 NACIONAL FREIXO AMEACA DE MORTE  O DEPUTADO ESTADUAL MARCELO FREIXO DURANTE COLETIVA  NA ALERJ CENTRO DO RJ NOVA AMEACA DE MORTE FOTO FABIO MOTTA/ESTADAO (Foto: FABIO MOTTA/AE)
RIO DE JANEIRO RJ 14-12-2018 NACIONAL FREIXO AMEACA DE MORTE O DEPUTADO ESTADUAL MARCELO FREIXO DURANTE COLETIVA NA ALERJ CENTRO DO RJ NOVA AMEACA DE MORTE FOTO FABIO MOTTA/ESTADAO (Foto: FABIO MOTTA/AE)

O deputado federal Marcelo Freixo (Psol-RJ) comemorou em seu perfil do Twitter a decisão do ministro do STF, Edson Fachin, que anulou as condenações do ex-presidente Lula na operação Lava Jato. O deputado também criticou a atuação do ex-juiz e ex-ministro da Justiça do governo Bolsonaro, Sergio Moro.

“A decisão de Fachin que anulou as condenações de Lula está correta. O julgamento conduzido por Moro foi viciado, político e recheado de fraudes processuais. Essa é uma vitória da democracia e do Estado de Direito”, escreveu

Com a decisão, que ainda será avaliada pelo plenário do Supremo, Lula volta a ser elegível, podendo disputar as eleições de 2022. Ao conceder o habeas corpus a Lula, Fachin declarou que a 13ª Vara Federal de Curitiba, origem da Lava Jato, não tem competência para julgar os processos do triplex do Guarujá (SP), do sítio de Atibaia (SP) e das doações ao Instituto Lula.

No entanto, diferente do que afirma Freixo e do que foi apresentado pela defesa de Lula, a decisão de Fachin não tem relação com as acusações de que o ex-juiz Sergio Moro tenha sido parcial na condução dos processos.