PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

"Bolsocaro": Vídeo ironiza preços de produtos na gestão Bolsonaro

"É melhor 'já ir' se endividando. Aproveite nosso estoque cheio de cloroquina. Vacina contra a covid? Essa quase não tem"

Carlos Holanda
19:05 | 05/03/2021
O Presidente Jair Bolsonaro gesticula durante a cerimônia de assinatura do decreto que concede a autonomia brasileira ao Banco Central do Brasil, no Palácio do Planalto, em Brasília, em 24 de fevereiro de 2021.  (Foto: Mike Ehrmann / AFP)
O Presidente Jair Bolsonaro gesticula durante a cerimônia de assinatura do decreto que concede a autonomia brasileira ao Banco Central do Brasil, no Palácio do Planalto, em Brasília, em 24 de fevereiro de 2021. (Foto: Mike Ehrmann / AFP)

Vídeo satírico compartilhado nas redes sociais ironiza o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e a condução da economia do Governo Federal, agravada pela crise da Covid-19. De título "Bolsocaro", a peça faz piada com a alta nos preços de produtos básicos como carne, batata e arroz. 

 

"Arroz, tão caro que é melhor trocar por macarrão. E a gasolina? Era R$ 2,50 em 2018. Hoje você vai pagar R$ 5,80. E o bujão de gás? Já está R$100. (...) É 'Bolsocaro' demais."

A sátira também ataca o valor do novo auxílio emergencial, antes de R$ 600, agora em R$ 250. E se desloca para as transferências bancárias, com os pelo menos R$ 89 mil que foram repassados à primeira-dama, Michelle Bolsonaro. 

"É melhor 'já ir' se endividando. Aproveite nosso estoque cheio de cloroquina. Vacina contra a covid? Essa quase não tem. Super errado Bolsonaro, metendo a mão no seu bolso e custando caro, muito caro", encerra o vídeo.