PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Fortaleza e mais 26 cidades decretam lockdown para conter casos da Covid-19 no Ceará

Decisão foi tomada em reunião após preocupação com a crise de saúde no Ceará e o risco de colapso do sistema de saúde

Filipe Pereira
20:19 | 04/03/2021
Comércio não é considerado serviço essencial. Por isso, não pode funcionar em período de lockdown. Com toque de recolher, fecham mais cedo (Foto: Bárbara Moira/ O POVO)
Comércio não é considerado serviço essencial. Por isso, não pode funcionar em período de lockdown. Com toque de recolher, fecham mais cedo (Foto: Bárbara Moira/ O POVO)

Atualizada às 18h35 do dia 05/03

Com a Capital, 27 municípios do Ceará já decidiram adotar o lockdown, com medidas de isolamento social mais rígidas, após reunião de gestores municipais nesta quinta-feira, 4. O objetivo é conter o avanço da Covid-19. Diante da preocupação com a crise causada pela pandemia no Ceará e o risco de colapso do sistema de saúde, o último bloco de cidades a anunciar a medida inclui Sobral e outras 17 cidades da Zona Norte do Estado. Nas regiões, a restrição mais severa para circulação de pessoas e funcionamento de atividades econômicas deve acontecer a partir da próxima segunda-feira, 8. 

A decisão estipula que somente serviços classificados como essenciais poderão funcionar, como supermercados e farmácias. Até o início da noite desta quinta-feira, 4, um total de 27 municípios do Interior do Ceará já haviam anunciado adesão ao lockdown como medida para combate à Covid-19.

Um primeiro anúncio feito na manhã de quinta, 4, dava conta de que os 10 municípios do Consórcio de Saúde Pública do Sertão do Ceará entrariam em lockdown. Porém, à noite, as prefeituras de sete dessas cidades negaram a implementação da medida. 

Já estavam em lockdown

Palhano, Pentecoste, Meruoca, Mombaça e Santa Quitéria

Sertão Central e Capital - sexta-feira, 5

Quixeramobim, Choró e Senador Pompeu.

Zona Norte - segunda-feira, 8

Catarina, Alcântaras, Cariré, Sobral, Coreaú, Forquilha, Graça, Groaíras, Mucambo, Pacujá, Reriutaba, Pires Ferreira, Varjota, Santana do Acaraú, Massapê, Uruoca, Santa Quitéria, Moraújo.