PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

FHC quer Rodrigo Maia no PSDB: "Tomara que aceite"

Descontente com os rumos do DEM, Maia já sinalizou que deixará o partido, mas ainda não tem futuro definido

Carlos Holanda
07:24 | 09/02/2021
 (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) quer ver Rodrigo Maia (DEM) entrar no tucanato. A relação do ex-presidente da Câmara dos Deputados com a direção do DEM, especificamente com ACM Neto, anda tumultuada desde a eleição para a presidência da Câmara, na qual o deputado não conseguiu convencer nem os deputados do Democratas a votarem em Baleia Rossi (MDB-SP), seu candidato.

"Fez bem o PSDB em convidar Rodrigo Maia para entrar no partido. Presidiu corretamente a Câmara e é bom quadro político. Tomara que aceite", escreveu nas redes FHC.

Maia já sinalizou que deixará o partido. Em entrevista à jornalista Andreia Sadi, transmitida pela GloboNews, Neto não descartou a possibilidade de o partido caminhar com Jair Bolsonaro (sem partido) em 2022, quando o presidente deve tentar reeleição.

A orientação desagrada Maia, que queria que o DEM se somasse ao esforço de construção de uma alternativa política de centro-direita.

Filiados graduados do DEM saíram a criticar Maia nesta segunda-feira, 8. O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), disse que o ainda correligionário "foi acometido por uma síndrome que atinge com muita frequência as pessoas que não aceitam deixar o poder: 'síndrome da ansiedade de poder'."

ACM Neto também reagiu. "Nada mais distante da realidade do que a narrativa que ele vem tentando estabelecer. Não houve traição da Executiva do Democratas, nem adesão ao governo Bolsonaro", afirmou o dirigente em nota.