PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Nova mesa diretora da Assembleia Legislativa toma posse para o biênio 2021-2022

O novo presidente da Casa, deputado Evandro Leitão (PDT), tomou posse do cargo em cerimônia híbrida realizada na manhã desta segunda-feira, 1º.

Filipe Pereira
14:28 | 01/02/2021
Posse da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Ceará para o biênio 2021-2022 (Foto: Foto: Edson Júnio Pio)
Posse da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Ceará para o biênio 2021-2022 (Foto: Foto: Edson Júnio Pio)

A Assembleia Legislativa do Ceará (ALCE) realizou sessão híbrida - presencial e remoto - nesta segunda-feira, 1º, para dar posse a nova mesa diretora para o 2º biênio (2021/2022). A solenidade foi conduzida pelo deputado Fernando Santana (PT), 1º secretário da Casa. Logo depois, o presidente, deputado Evandro Leitão (PDT) deu prosseguimento ao evento. 

Com a eleição suplementar, a nova Mesa Diretora para o biênio 2021/2022 ficará da seguinte forma:

Presidente: Evandro Leitão (PDT)
1º Vice-presidente: Fernando Santana (PT)
2º Vice-presidente: Danniel Oliveira (MDB)
1º Secretário: Antônio Granja (PDT)
2º Secretário: Audic Mota (PSB)
3º Secretário: Érika Amorim (PSD)
4º Secretário: Apóstolo Luiz Henrique (PP)
1º Suplente: Fernanda Pessoa (PSDB)
2º Suplente: Osmar Baquit (PDT)
3º Suplente: João Jaime (DEM)

 

Durante pronunciamento de posse, Evandro Leitão destacou que as atividades parlamentares em 2021 devem permanecer com foco na linha de frente no combate à pandemia da Covid-19 no Ceará. "Esta Mesa Diretoria assume o comando do Parlamento Estadual com o compromisso de continuarmos na linha de frente no combate ao coronavírus”, disse.

Na ocasião, o deputado defendeu ainda a discussão em torno da criação de um programa de renda mínima como forma de combate às desigualdades intensificadas com a pandemia. "Queremos pautar essa questão com clareza e seriedade por entender que traz importantes impactos na economia e na qualidade de vida dos cidadãos em situação de vulnerabilidade social“, destacou o pedetista. 

LEIA MAIS l Evandro Leitão confirma retomada do concurso público da Assembleia Legislativa

O presidente reforçou que deve investir em aparatos tecnológicos e promover fóruns de discussões para atrair maior participação popular nas atividades da Assembleia. O parlamentar comentou que a iniciativa deve colaborar em políticas públicas voltadas para o combate à violência infantil e ao feminicídio, direitos LGBTs, renda mínima, políticas antirracistas, direitos dos idosos, territórios indígenas,
juventude e mídias sociais, fakenews, etc. 

Além da questão voltada ao coronavírus, Evandro lembrou que a gestão da nova mesa diretora deve trabalhar a causa da saúde mental, questão em pauta durante a pandemia. "Promovemos o Setembro Amarelo para colocar em pauta a prevenção ao suicídio com a participação de diversos setores da Casa e de entidades parceiras. Fomos além dos debates", lembrou. 

Já Fernando Santana reforçou que a Casa deve priorizar pautas relacionadas o combate a pandemia do novo coronavírus no Ceará. “A pauta inicial que vamos debater nesse ano é a pandemia. Buscaremos ajuda da Assembleia Legislativa, ajudando o poder Executivo a trazer essa vacina para a população cearense. Outras pautas mais secundárias virão em virtude do momento, mas o foco é a pandemia. A pauta prioritária é salvar vidas”, disse o parlamentar.

O 2º vice-presidente eleito, deputado Danniel Oliveira (MDB), destacou a preocupação com a quadra chuvosa no ano de 2021. Ele afirmou que o ano "já começa trazendo sinal amarelo" para a situação. "Em fevereiro, nossa preocupação é não termos uma quadra chuvosa que faça que o Ceará possa produzir mais, pois a previsão que não é boa. Isso, obviamente, faz parte dos debates mais corriqueiros, junto com educação, saúde e seca”, ressaltou.