PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Partidos de oposição protocolam novo pedido de impeachment de Bolsonaro

Em nota conjunta, as legendas afirmam que o presidente afirmam que "o presidente deve ser política e criminalmente responsabilizado por deixar sem oxigênio o Amazonas

Carlos Holanda
20:11 | 15/01/2021
Presidente da República, Jair Bolsonaro, e presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia
 (Foto: AFP)
Presidente da República, Jair Bolsonaro, e presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (Foto: AFP)

Os partidos de oposição PT, Rede, PSB, PCdoB e PDT apresentaram nesta sexta-feira, 15, mais um pedido por abertura de processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

Em nota conjunta, as legendas afirmam que o presidente afirmam que "o presidente deve ser política e criminalmente responsabilizado por deixar sem oxigênio o Amazonas, por sabotar pesquisas e campanhas de vacinação, por desincentivar o uso de máscaras e incentivar o uso de medicamentos ineficazes, por difundir desinformação, além de violar o pacto constitucional entre União, Estados e Municípios."

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >

O portal de notícias Correio Braziliense havia noticiado, antes do novo pedido que visa tirar o presidente do cargo, que 61 pedidos repousam sob a gaveta do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). 

O 62º pedido de impeachment argumenta que o País está "morrendo sufocado por este presidente". "Já passou da hora de o Congresso Nacional, representando a nação, reagir." Os partidos pedem ainda que o Congresso interrompa o período de recesso e volte a funcionar imediatamente.