PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Vice de Luizianne pede que PDT use imagem de Ciro na campanha de Sarto

Trata-se de mais uma disputa pela imagem do governador Camilo Santana pelos dois principais partidos da aliança dele: PT e PDT

Carlos Holanda
15:29 | 20/10/2020
HEITOR FREIRE (PSL) começou o primeiro dia de campanha participando de café da manhã, às 8horas, com apoiadores no Bairro de Fátima. Depois, o parlamentar visitou o campinho do antigo Caíque, no bairro Autran Nunes  (Foto: Fábio Lima)
HEITOR FREIRE (PSL) começou o primeiro dia de campanha participando de café da manhã, às 8horas, com apoiadores no Bairro de Fátima. Depois, o parlamentar visitou o campinho do antigo Caíque, no bairro Autran Nunes (Foto: Fábio Lima)

O candidato a vice-prefeito de Fortaleza na chapa petista de Luizianne Lins, Vladyson Viana, sugeriu à campanha de José Sarto, do PDT, que comece a utilizar na disputa a imagem de Ciro Gomes, uma de "suas referências nacionais".   

É mais um episódio da disputa de PT e PDT pela imagem do governador Camilo Santana (PT). O pano de fundo da manifestação nas redes sociais é o que ele entende como manipulação dos adversários para fazer crer que o governador apoia outra chapa que não a petista. Para ele, começou "a política do vale-tudo".

A despeito da proximidade de Camilo com o grupo pedetista de Ciro e Cid Gomes, o vice de Luizianne afirmou que o governador opta pela neutralidade, o que considera compreensível em razão do número de chapas que o apoiam - PT, PDT, PCdoB. 

"Tive a oportunidade, entre 2007-2012, de trabalhar nos governos Cid Gomes, junto ao companheiro Ivo Gomes, do qual guardo gratidão e amizade. Isso não me torna menos petista. Não significa, também, que eles me apoiam nesta eleição", argumentou Viana no Twitter. 

E prosseguiu: "Sugiro ao PDT utilizar suas referências nacionais na campanha, figuras como Ciro Gomes, por exemplo."  

A frase não é desprovida de cálculo político. Além de filiado ao PT, Camilo aparece na pesquisa O POVO/Datafolha como um dos principais cabos eleitorais da Cidade, ao lado do ex-presidente Lula (PT). 

Ciro Gomes, apesar de acumular vitórias nas disputas municipais e estaduais, aparece como um dos piores cabos eleitorais em Fortaleza.

Apenas 15% dos entrevistados afirmaram que a influência de Ciro os levariam a votar em um candidato por ele apoiado. Nesse mesmo recorte, Camilo e Lula somam 24% e 30%, respectivamente.

Dos entrevistados, 53% disseram que não votariam de jeito nenhum em um postulante apoiado por Ciro. Para 38%, o apoio de Camilo a um nome teria efeito contrário. E 46% rejeitariam o candidato de Lula.

Os números talvez expliquem o sumiço de Ciro na campanha de Sarto, diferentemento do prefeito Roberto Cláudio (PDT). Ele é considerado para 24% o padrinho político mais adequado, ao passo que 42% rejeitariam um nome "abençoado" por ele. (Leia mais aqui)

"Nós estamos sendo atacados, principalmente no WhatsApp, que é uma rede difícil de ser rastreada, por alguns vídeos bem produzidos, vídeos que claramente foram feitos em agências, né, para tentar atacar tanto a honra da candidata a prefeita Luizianne, como também com informações falsas", disse Viana ao O POVO.

Ele afirmou que "as medidas políticas e jurídicas" serão tomadas pela campanha petista ao Paço Municipal.

Ainda de acordo com a última pesquisa O POVO/Datafolha, Luizianne somou 24%, contra 15% de Sarto (PDT). Na dianteira, Capitão Wagner (Pros) apareceu com 33% da preferência do eleitorado.

O POVO procurou a campanha de Sarto e aguarda resposta. O vice dele, Élcio Batista (PSB), disse nessa segunda-feira ser o representante de Camilo Santana na chapa encabeçada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Ceará.

“Eu fui indicado pelo governador nessa aliança com o Sarto. Ele é o líder dessa aliança à Prefeitura de Fortaleza, mas eu sou o indicado do governador.”