PUBLICIDADE
Política
Noticia

"O grande desafio de Fortaleza é reduzir desigualdades", defende Sarto, pré-candidato à Prefeitura

Entrevistado na Rádio O POVO CBN, o pré-candidato José Sarto (PDT) defendeu redução das desigualdades e retomada do crescimento econômico

11:34 | 12/08/2020
Sarto participou de entrevista mediada pelos jornalistas Ítalo Coriolano, Carlos Holanda e Rachel Gomes, e transmitida pela Rádio O POVO CBN (Foto: Reprodução)
Sarto participou de entrevista mediada pelos jornalistas Ítalo Coriolano, Carlos Holanda e Rachel Gomes, e transmitida pela Rádio O POVO CBN (Foto: Reprodução)

Oitavo prefeiturável a passar pela primeira série de entrevistas das plataformas do O POVO com potenciais candidatos ao Paço Municipal, o deputado estadual José Sarto (PDT) afirmou que “o grande desafio de Fortaleza é reduzir desigualdades”.

“Isso não é culpa do gestor atual, Roberto Cláudio. Mas o crescimento do PIB de Fortaleza não foi semelhante ao que aconteceria anteriormente”, afirmou o parlamentar, presidente da Assembleia Legislativa do Estado e um dos cotados do PDT para a disputa pela sucessão do prefeito.

Na conversa, mediada pelos jornalistas Ítalo Coriolano, Carlos Holanda e Rachel Gomes, e transmitida pela Rádio O POVO CBN, Sarto informou que a capital cearense “tem um milhão de pessoas que vivem em condições inapropriadas” e que a renda na cidade “ainda é muito baixa”.

Em seguida, defendeu “avançar nas políticas que combatam a desigualdade social”, observando que “já avançamos muito, mas precisamos avançar ainda muito mais”.

Sobre a dinâmica de debates internos do PDT para a escolha do representante da legenda nas eleições de 2020 em Fortaleza, Sarto avaliou que é “uma metodologia inovadora” e que incentiva “novas práticas políticas”.

Perguntado se o grande número de possíveis postulantes não pode ser interpretado também como ausência de um nome forte entre os cinco indicados, o parlamentar discordou.

“Não somos um partido monolítico, temos quadros que são plurais, cada um com um talento diferente”, analisou. “O PDT mostra que tem um time que é competente.”

Para ele, “esse time não é partidário apenas, é time de projeto que hoje situa o Ceará numa das melhores condições fiscais e como o estado mais transparente do Brasil” em relação aos dados de gastos durante a pandemia do novo coronavírus.

Sarto acrescentou ainda que a sigla trabalhista “tem essa felicidade de ter quadros competentes e abrir para sociedade esse debate de forma inovadora e que vai culminar com a solidificação desse partido e da base”.

A um ouvinte da Rádio O POVO CBN que o questionou sobre o vazamento de áudio envolvendo o deputado estadual Bruno Gonçalves (PL) no qual o parlamentar aparentemente tenta comprar apoio político e diz falar em nome do prefeito, Sarto respondeu: “Vivemos num estado de direito democrático e não devemos pré-julgar quem quer que seja”.

Sem citar o deputado André Fernandes (Republicanos), o presidente da AL-CE complementou: “Por exemplo, tem outro deputado que está submetido a um processo e que já tem mais quatro pedidos de representação contra ele. Qualquer deputado que seja, (o caso) será analisado pelo Conselho de Ética da Casa”.

Sarto concluiu dizendo que “existem seis outras representações protocoladas na Casa que ainda não tinham evoluído porque estávamos em regime remoto e agora, há duas semanas, voltamos ao regime semipresencial. Isso será apurado como qualquer outro deputado”.

Quem leva a melhor na briga de Bolsonaro com governadores sobre o coronavírus:

Listen to "Jogo Político" on Spreaker.