PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Jair Bolsonaro critica livros didáticos nacionais: "Muita coisa escrita"

O presidente também criticou governos de esquerda e a educação de Paulo Freire

19:10 | 03/01/2020
Presidente Jair Bolsonaro
Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Isac Nóbrega/PR)

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, 3, que a partir de 2021 todos os livros didáticos que distribuídos em escolas públicas passarão por mudanças. De acordo com o político, todas as publicações serão feitas pelo seu governo.

Ele contou à apoiadores e jornalistas que o material será “suavizado”. ”Em 2021, todos os livros serão nossos. Feitos por nós. Os pais vão vibrar. Vai estar lá a bandeira do Brasil na capa, vai ter lá o hino nacional. Os livros hoje em dia, como regra, é um amontoado. Muita coisa escrita, tem que suavizar aquilo”.

Jair também usou o momento para tecer críticas a Paulo Freire. “estudei na cartilha Caminho Suave. Você não esquece. Não esse lixo que, como regra, está aí. Essa ideologia de Paulo Freire.”

O presidente afirma que o governo de esquerda apenas “criou militantes”. “O que a esquerda plantou na educação? Plantou militância. Tanto é que o pessoal vota no PT e no Psol. A molecada [vota no] PT e Psol.”