PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Museu de História Natural de Nova York pode cancelar evento em homenagem a Bolsonaro

De acordo com uma publicação em suas redes sociais, o museu teria aceitado a reserva antes de saber quem seria o homenageado

15:29 | 12/04/2019
Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro(Foto: EVARISTO SA / AFP)

O Museu Americano de História Natural, localizado em Nova York, pode cancelar a premiação de Pessoa do Ano em que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) seria homenageado. De acordo com uma publicação em suas redes sociais, o museu teria aceitado a reserva antes de saber quem seria homenageado. 

A manifestação foi divulgada no Twitter. “A reserva do museu para a realização do evento externo, privado, em homenagem ao atual presidente do Brasil foi feita antes que se soubesse quem seria o homenageado. Estamos profundamente preocupados e estamos avaliando nossas opções", diz a publicação.

A premiação é organizada pela Câmara Brasileira-Americana de Comércio e está marcada para o dia 14 de maio. Em resposta à publicação do museu, diversos usuários se posicionaram a favor do cancelamento, a maioria dos comentários em inglês.

A realização do prêmio conta com apoio de importantes instituições do mercado financeiro, como a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Bradesco, BTG Pactual, Itaú BBA, e Safra, além de instituições estrangeiras como Santander, HSBC, UBS, Citi, Credit Suisse e Bank of America Merrill Lynch. A lista de patrocinadores ainda conta com outras importantes instituições.

Com Agência Estado

Redação O POVO Online