PUBLICIDADE
Política

Prisão de Temer, aniversário de Bolsonaro e embate Maia/Moro pautam Twitter

13:26 | 28/03/2019
O Twitter brasileiro está movimentado em torno da política nacional. Nesta quinta-feira, 21, nove dos dez assuntos mais comentados na rede social envolvem acontecimentos políticos.
O assunto mais comentado é a prisão do ex-presidente Michel Temer no contexto da Operação Lava Jato. Os termos Temer e #LavaJato ocupam, respectivamente, o primeiro e o quarto lugares no ranking de assuntos mais discutidos do dia.
A prisão preventiva do ex-presidente também fez subir os nome de Eduardo Cunha, emedebista ex-presidente da Câmara e que também está preso, Michelzinho, em referência ao filho de Michel Temer, Aécio, por haver cobranças de usuários do Twitter por uma prisão do tucano mineiro, ex-governador de Minas e ex-candidato à Presidência da República, e Marcelo Bretas juiz da Lava Jato no Rio de Janeiro responsável pelo mandado de prisão contra Temer.
Ainda no contexto da prisão de Michel Temer, a expressão Falta a Dilma também se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter brasileiro, onde usuários também cobram da Justiça a prisão da ex-presidente Dilma Rousseff.
A troca de farpas ocorrida ontem entre o presidente da Câmara Federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) e o ministro da Justiça Sergio Moro também fez com o sobrenome do deputado pautasse discussões na rede social. Fãs do ministro, que foi juiz da Lava Jato em Curitiba, criticam o parlamentar pela declaração de que Moro é tão somente um "funcionário" do presidente Jair Bolsonaro (PSL).
A hashtag ParabensBolsonaro também aparece em destaque neste dia movimentado no Twitter. O presidente Jair Bolsonaro completa nesta quinta-feira 64 anos de idade.

Agência Estado