PUBLICIDADE
Política

'Estudo' revela menor desenvolvimento em 'filhos do Bolsa Família', diz Bolsonaro

13:24 | 28/03/2019
Trechos da transmissão ao vivo realizada pelo presidente Jair Bolsonaro ao lado do filho Eduardo em Washington, na segunda-feira, 18, voltaram a ganhar repercussão nesta quinta-feira, 21. Internautas destacaram o momento em que o presidente cita um suposto estudo feito pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra.
O estudo, de acordo com o presidente, mostraria que crianças de 0 a 3 anos, filhos de beneficiários do Bolsa Família, teriam "desenvolvimento intelectual" em média 1/3 mais lento que a média mundial. No vídeo, Bolsonaro não dá mais detalhes sobre o estudo. A reportagem solicitou informações à pasta de Osmar Terra na manhã desta quinta-feira, mas não havia obtido retorno até a publicação desta matéria.
"Um dado inacreditável: nosso ministro da Cidadania fez um levantamento de 3 mil famílias que recebem Bolsa Família. Pegou a garotada de zero a três anos. Essa garotada foi acompanhada por um tempo. Chegou-se à conclusão que o desenvolvimento intelectual dessa garotada, filhos de Bolsa Família, equivalia a 1/3 da média mundial", diz Bolsonaro.
Na avaliação do presidente, "é difícil" que essas crianças tenham uma boa formação e se tornem bons profissionais. "Realmente, fica difícil até com boas escolas fazer com que essa garotada, que começa errado lá atrás, tenha capacidade de fazer uma boa escola, uma boa universidade e ser um bom profissional lá na frente. São os problemas, as heranças que temos por aí e temos que começar a mudar."
No trecho da transmissão, o presidente falava sobre educação. Ele defende escolas militares e cita o trecho da Bíblia que costuma utilizar em seus discursos, João 8:32: "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará".
"É isso que temos que incutir na cabeça da garotada. A verdade, o amor à pátria. Dizer que ele só vai ser feliz lá na frente na parte econômica se ralar, se estudar agora. Não fica esperando do Estado. Leve-se em conta a meritocracia."
A "live" está disponível na íntegra no Facebook do presidente. Assista no link abaixo. O suposto estudo é citado aos 19:58.
(https://www.facebook.com/jairmessias.bolsonaro/videos/798614963847624/?t=1)

Agência Estado