PUBLICIDADE
Política
pesquisa

Bolsonaro aponta que filhos de beneficiários do Bolsa Família têm menor capacidade intelectual

O presidente se baseou em um estudo do ministro da Cidadania, Osmar Terra, e constatou que a capacidade intelectual dessas crianças corresponde a um terço da média mundial

14:03 | 21/03/2019
O presidente afirmou que considera "difícil" que crianças do Bolsa Família consigam se desenvolver.
O presidente afirmou que considera "difícil" que crianças do Bolsa Família consigam se desenvolver. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro falou, em transmissão ao vivo no Facebook, a respeito do menor desenvolvimento intelectual de crianças de famílias do Bolsa Família. Ele citou um estudo feito em 2017 pelo ministro da Cidadania, Osmar Terra.

Segundo o presidente, a pesquisa analisou três mil famílias beneficiárias do programa Bolsa Família e constatou que elas tinham capacidade intelectual correspondente a, em média, um terço da média mundial. "Ele [o ministro] pegou a garotada de zero a três anos, acompanhou por um tempo e chegou a conclusão que o desenvolvimento deles equivalia a um terço da média mundial".

Bolsonaro ainda falou que considera "difícil" que essas crianças consigam se desenvolver. "Até com boas escolas fica difícil fazer com que essa garotada, que começa errada lá atrás, tenha capacidade de fazer uma boa escola, uma boa universidade e seja um bom profissional lá na frente."

O ministro, em entrevista ao Estadão no ano passado, afirmou que "a pobreza no Brasil continua intacta" em 14 anos de Bolsa Família. "A existência dos programas de transferência de renda não foi suficiente para reduzir a pobreza, só a pobreza extrema, mas não reduziu o número de pobres", argumentou.

Confira a live em que o presidente fala sobre o tema. O trecho sobre o suposto estudo começa em 19:58.

Redação O POVO Online