PUBLICIDADE
Política

Procuradora recorre contra semiaberto para Luiz Estevão

07:53 | 19/03/2019
O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) recorreu da progressão de regime ao ex-senador Luiz Estevão para o regime semiaberto. Estevão foi condenado a 31 anos de prisão e ao pagamento de multa no valor de R$ 8 milhões por fraudes e desvios nas obras do Fórum Trabalhista de São Paulo. A Procuradoria argumentou que ele não pagou a multa e que o dano ao erário, de R$ 169 milhões, não foi ressarcido. A reportagem não conseguiu contato com a defesa do ex-senador. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Agência Estado