"Meu nome está cogitado para Dnit ou Dnocs", diz General TheophiloNotícias de Política 

PUBLICIDADE
Notícias


"Meu nome está cogitado para Dnit ou Dnocs", diz General Theophilo

Candidato do PSDB ao Governo do Ceará nas últimas eleições, o militar está em Brasília, onde compõe equipe de transição do futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, juiz Sérgio Moro

23:19 | 03/12/2018
NULL
NULL
[FOTO1] 
Segundo lugar na disputa pelo Governo do Ceará nas eleições de outubro, General Guilherme Theophilo confirmou que está na equipe de transição atuando com o futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, o ex-juiz Sérgio Moro. Porém, ele afirmou que o cargo que discute ocupar no governo é em outra área.
  
“Meu nome está cogitado para Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) ou Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas)”, informou o militar reformado, que participou do pleito cearense pelo PSDB. Na ocasião, chegou a afirmar que “os extremos nunca levaram a nada” no Brasil, complementando: “Não sou de direita nem de esquerda, sou de centro.”
  
Durante o segundo turno das eleições presidenciais, Guilherme Theophilo optou a contragosto pelo apoio ao então candidato Jair Bolsonaro (PSL). “É o seguinte, meu candidato era o Geraldo Alckmin (PSDB). Prefiro uma coisa mais moderada. Só vou apoiar Bolsonaro porque tenho que me definir, e no PT não voto”, enfatizou à época.
  
Em novembro, o general se desfiliou do PSDB. Nesta segunda-feira, ao Blog do Eliomar, Theophilo descartou possível filiação à sigla do presidente eleito, Bolsonaro. “Essa minha campanha me deu muita experiência política. Não, não, me filio a partido. Só mesmo trabalho na segurança”, garantiu.
  
A Secretaria Nacional de Segurança Pública estará ligada ao superministério comandado pelo ex-juiz federal Sérgio Moro. O órgão será o responsável por traçar as políticas de segurança pública no País.
TAGS