Homem critica STF e Lewandowski chama Polícia Federal para prendê-loNotícias de Política 

PUBLICIDADE
Notícias


Homem critica STF e Lewandowski chama Polícia Federal para prendê-lo

Passageiro disse ao ministro Ricardo Lewandowski ter vergonha do Supremo

17:24 | 04/12/2018
Um homem, que estava no mesmo voo de São Paulo a Brasília com o ministro Ricardo Lewandowski, foi preso pela Polícia Federal (PF) após ter feito críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF). O advogado disse ter vergonha da Corte, o que deixou o ministro incomodado com a situação.
 
Advogado e identificado por Cristiano Caiado de Acioli, 39, estava sentado na primeira fileira do avião e resolveu chamar Lewandowski, que mexia no celular no momento. “Ministro Lewandowski, o Supremo é uma vergonha, viu? Eu tenho vergonha de ser brasileiro quando vejo vocês”.
 
Incomodado com a atitude do passageiro, o ministro Lewandowski questionou: “Vem cá, você quer ser preso?”. Mas Cristiano rebate: “Eu não posso me expressar? Chama a Polícia Federal, então”. Então, o ministro resolveu chamar a Polícia. Um agente do avião chegou a ir até a aeronave e o advogado se comprometeu a manter a calma. O voo continuou.
 
Após o pouso do voo, o advogado foi abordado perto da esteira de bagagens e encaminhado à Superintendência da Polícia Federal em Brasília para prestar depoimento. Segundo a assessoria da PF, o homem está sendo ouvido pelo delegado e permanece preso. As informações são da Agência Brasil.
 
Confira mais no vídeo abaixo, que está circulando nas redes sociais:
 
[VIDEO1] 
TAGS