Futuro secretário Nacional de Segurança, general Theophilo disse ser contra facilitar porte de armaNotícias de Política 

PUBLICIDADE
Notícias


Futuro secretário Nacional de Segurança, general Theophilo disse ser contra facilitar porte de arma

16:48 | 04/12/2018
NULL
NULL
Anunciado como secretário nacional de Seguraça Pública no governo Jair Bolsonaro (PSL), o general Guilherme Theophilo já se posicionou recentemente contra liberalizar o porte de arma. A proposta é uma das principais bandeiras do presidente eleito.
[FOTO1]
O general pcupará um dos principais postos do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Será ligado diretamente ao ex-juiz Sérgio Moro.

Theophilo falou sobre o tema em sabatina realizada pelo O POVO, em 3 de setembro. Na ocasião, ele concorria a governador do Ceará pelo PSDB.

Questionado pelo jornalista Ítalo Coriolano sobre sua opinião acerca da liberalização do porte de arma, ele responde de forma suscinta: "Contra".

Assista ao vídeo da entrevista. Ele fala do assunto quase no fim, a 1 hora 11 minutos e 11 segundos:
[VIDEO1] 

[SAIBAMAIS]O general disse ainda ser contra legalização do aborto e das drogas. Também se colocou contra a pena de morte.

Sobre a redução da maioridade penal, Theophilo se disse favorável em alguns casos.
 
Redação O POVO Online 
TAGS