Mais de 30 países utilizam urna eletrônica semelhante à brasileiraNotícias de Política
PUBLICIDADE
Notícias


Mais de 30 países utilizam urna eletrônica semelhante à brasileira

Lista inclui países como Suíça, Canadá, Austrália e Estados Unidos. O Brasil é um dos poucos países que conseguiram expandir a votação eletrônica à quase totalidade dos eleitores

12:10 | 07/10/2018
Urna eletrônica indica fim de votação
Urna eletrônica indica fim de votação
[FOTO1]O sistema de urna eletrônica não é utilizado apenas no Brasil, apesar de o País ser um dos poucos que conseguiram expandir a votação eletrônica à quase totalidade dos eleitores. A votação eletrônica também é aplicada em 32 países, entre eles  Suíça, Canadá, Austrália,  Estados Unidos (em alguns estados), México, Peru, Japão, Coréia do Sul e Índia. Dados são do Instituto Internacional para a Democracia e a Assistência Eleitoral (Idea Internacional), sediado em Estocolmo, na Suécia. 

O sistema utilizado no Brasil se tornou referência internacional, com representantes de outros países conhecendo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para aproveitar parte da experiência. A cooperação já emprestou urnas desenvolvidas pelo TSE para alguns países, como República Dominicana, Costa Rica, Equador, Argentina, Guiné-Bissau, Haiti e México, que a utilizaram em projetos-piloto. O Paraguai empregou as urnas eletrônicas brasileiras em suas eleições de 2001, 2003, 2004 e 2006.

Nas Eleições Municipais de 2016, mais de 30 nações acompanharam o pleito para conhecer o sistema brasileiro. Entre essas, então Angola, Bolívia, Botsuana, Coreia do Sul, Costa Rica, Estados Unidos, França, Guiné, Guiné-Bissau, Jamaica, México, Panamá, Peru, Republica Dominicana e Rússia.
 
Redação O POVO Online 
TAGS