O que os jovens esperam dos políticos para saúde, educação e lazerNotícias de Política
PUBLICIDADE
Notícias


O que os jovens esperam dos políticos para saúde, educação e lazer

Pesquisa questionou população sobre prioridades em algumas das principais áreas da administração pública

20:00 | 01/10/2018
NULL
NULL
Jovens eleitores cearenses querem serviços de saúde de qualidade, acesso a equipamentos de lazer e boa educação, do ensino básico ao superior. A preferência foi definida após 4.343 consultas na edição deste ano do Projeto Saia do Muro. A iniciativa, já aplicada em 2002, busca mapear o que pensam os jovens sobre política. Analisando os setores de saúde, educação e lazer, a pesquisa questionou os entrevistados sobre o que pode ser feito pelos gestores para melhorar cada área. As três áreas foram apontadas em questionamento anterior como as mais importantes a serem abordados pelos candidatos.

 

[SAIBAMAIS]

Na saúde, o caminho apontado por 58% das 1.438 pessoas que responderam ao questionário envolve garantir uma rede pública de qualidade. Para outros 22% dos entrevistados, o ponto-chave para melhorar a área é levar assistência aos mais necessitados onde eles estiverem.
 


Os jovens ainda indicaram melhora na distribuição gratuita de medicamentos, desburocratização do Sistema Único de Saúde (SUS) e formação de médicos de origem mais pobre. Privatizar a rede pública foi um caminho lembrado por 2% dos cearenses. 
 
[FOTO1] 
 
Educação
 
Aproximar o serviço público e a população também preponderou quando o assunto foi educação. Das 1.386 pessoas que opinaram sobre o tema na pesquisa, 43% disseram que definir garantias de acesso à educação de qualidade e ao ensino superior são caminhos para melhorar o setor. Escolas de tempo integral foram apontadas por 18% dos entrevistados. Os jovens eleitores ressaltaram ainda a necessidade de infraestrutura adequada, melhoria no acesso aos materiais didáticos, criação de bases médicas nas escolas, além de capacitação dos profissionais. 
 
[FOTO2] 
 
Em esporte e lazer, 31% das 1.519 pessoas que responderam ao questionário ressaltaram o desejo de maior acesso a equipamentos de lazer na cidade. Promover eventos esportivos e incentivar projetos de esportes locais foram caminhos apontados por 21% dos entrevistados, cada um. A lista continua com promoção de diversidade das modalidades esportivas e financiamento dos atletas e construção de equipamento.
 
[FOTO3] 
 
Amostra
 
A consulta foi realizada com público, majoritariamente, de áreas urbanas dos municípios do interior do Estado. Os adolescentes e jovens responderam aos questionamentos na plataforma U-Report, dentro do Saia do Muro.
 
A plataforma é gratuita e usa SMS, Facebook e Twitter para saber a opinião dos jovens e adolescentes. Ao todo, 38.833 jovens estão cadastrados. Desses, cerca de cinco mil estão no Ceará, o Estado mais presente no sistema.
 
A iniciativa é do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e os respondentes são ligados a projetos parceiros: O POVO Educação, do Instituto Albanisa Sarasate; Eleitor do Futuro, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE); Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Peteca), do Ministério Público do Trabalho no Ceará (MPT-CE); Eu Sou Cidadão, da Associação para o Desenvolvimento dos Municípios do Estado do Ceará (APDM-CE); e Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (Nuca), ação do Selo Unicef.
TAGS