João Amoêdo defende bolsas do governo em escolas privadas e mensalidade em universidades públicasNotícias de Política 

PUBLICIDADE
Notícias


João Amoêdo defende bolsas do governo em escolas privadas e mensalidade em universidades públicas

Candidato criticou o Fies e diz ser favorável a cobrança de mensalidades em universidades públicas

13:40 | 05/09/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
O candidato à Presidência pelo partido Novo, João Amoêdo, defendeu a criação de vales de estudo para que alunos de escolas públicas possam estudar em escolas particulares. O empresário participou de sabatina na Rádio CBN, nesta quarta-feira, 5, transmitida em Fortaleza pela Rádio O POVO/CBN. Ele afirma que parte do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) poderá ser usado para pagar essas bolsas e nega que isso significaria investir menos no ensino público.
 
[SAIBAMAIS]Amoêdo opina que os recursos da educação brasileira são mal geridos. Defendendo maior investimento no ensino básico e fundamental, o candidato diz que irá transferir parte do dinheiro investido em universidades para estes setores. Ele comparou o voucher para a educação com o Prouni, programa de bolsas para o ensino superior.
 
Ainda sobre educação, o candidato criticou o Fies, afirmando que o programa criou distorções em instituições privadas. Ele indica que o aumento das mensalidades nas faculdades particulares tenha sido causado pelo aumento no número de alunos vindos do programa de financiamento do governo.
 
Durante o “pinga-fogo”, momento de perguntas que os candidatos só podem dar respostas curtas, Amoêdo disse ser favorável ao pagamento de cobrança de mensalidades nas universidades públicas. Ele disse que “para quem pode pagar” a prática seria viável. 
 
Redação O POVO Online 
TAGS