General diz que CGD deve perder autonomia e ser comandada por militarNotícias de Política
PUBLICIDADE
Notícias


General diz que CGD deve perder autonomia e ser comandada por militar

O candidato descarta a possibilidade de corporativismo caso a proposta seja aceita

13:50 | 03/09/2018
NULL
NULL
[FOTO1] 
Durante sabatina com jornalistas do Grupo de Comunicação O POVO, o candidato do PSDB ao Governo do Ceará, General Theophilo, afirmou que a Controladoria Geral de Disciplina, responsável pela fiscalização de órgãos de segurança, deveria ser comandada por um militar. O argumento do candidato é de que seria necessário uma pessoa que conheça a área internamente.
 
[VIDEO1] 

[SAIBAMAIS]A autonomia da CGD também foi questionada, e o General disse que o órgão deveria ser vinculado à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Desde o governo Cid Gomes (PDT), o órgão é autônomo em reaçãso à SSPDS. O objetivo é evitar pressõe, uma vez que investigados e investigadores estavam antes sob o mesmo comando . O militar da reserva negou que o corporativismo poderia ser um problema se sua proposta for acatada. Ele criticou a preparação de policiais, apontando que o tempo de formação dos agentes de segurança é muito curto. 

Quando lembrado sobre o caso do PM que foi morto por colegas de profissão ao reagir a um assalto e ser confundido com um suspeito, o General opinou que a atitude dos policiais foi errada. “Ninguém chega na abordagem atirando”. A culpada, para o candidato, seria a gestão de Camilo Santana, que, mesmo com gastos com segurança, não conseguiu atenuar a crise.
 
Redação O POVO Online 
TAGS