Autor confesso de ataque contra Bolsonaro frequenta escola de tiro e já foi filiado ao PsolNotícias de Política 

PUBLICIDADE
Notícias


Autor confesso de ataque contra Bolsonaro frequenta escola de tiro e já foi filiado ao Psol

Em rede social do suspeito é possível encontrar postagens públicas de conteúdo político contra o presidente Michel Temer, além de críticas a Bolsonaro e seus apoiadores

19:43 | 06/09/2018
NULL
NULL
[FOTO1]Adelio Bispo de Oliveira, 40, foi preso suspeito de atacar com golpe de faca o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL). Ele confessou ter praticado o crime. Passadas poucas horas do ataque, a Folha de S. Paulo divulgou informação que dá conta que Adelio foi filiado ao Psol de 2007 a 2014 e que em julho deste ano esteve em escola de tiro.
  
[SAIBAMAIS]A informação foi divulgada no Facebook do suspeito, que esteve na ".38 Clube e Escola de Tiro" e compartilhou a informações para seus seguidores na rede social. À Folha, a empresa não se manifestou.
  
Ainda segundo o periódico, durante sete anos Adelio foi filiado ao Psol da cidade de Uberaba, interior de Minas Gerais, segundo registro de filiações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
  
Ainda na página oficial do suspeito é possível encontrar postagens públicas de conteúdo político contra o presidente Michel Temer, além de críticas a Bolsonaro e seus apoiadores. Postagens ligadas à maçonaria e postagens de veículos com conteúdo falso podem ser encontradas.
 


Redação O POVO Online
TAGS