PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Saiba tudo sobre o horário eleitoral gratuito, que começa nesta sexta-feira

As Eleições 2018 acontecem nos dias 7 de outubro (1º turno) e 28 de outubro (2º turno). Enquanto isso, o horário eleitoral gratuito começa na próxima sexta-feira, 31

10:50 | 30/08/2018
Controle remoto apontado para a TV, exibindo horário eleitoral (Foto: )
Controle remoto apontado para a TV, exibindo horário eleitoral (Foto: )
Começa nesta sexta-feira, 31, o horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão. Serão 35 dias, terminando no dia 4 de outubro, para oss candidatos explorarem as propostas nessas plataformas. Em caso de segundo turno, a propaganda volta no dia 12 de outubro e seguem até o dia 26 do mesmo mês, conforme o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará.
 

As Eleições 2018 acontecem nos dias 7 de outubro (1º turno) e 28 de outubro (2º turno). A propaganda será veículada de segunda a sábado, em blocos de 25 minutos. 
 

No rádio, o horário eleitoral será das 7h às 7h25min e das 12h às 12h25min. Quem prefere acompanhar pela televisão deverá assistir das 13h às 13h25min e das 20h30min às 20h55min.


[FOTO1]
Os cargos terão exibição separada por dias. Às segundas, quartas e sextas- feiras, a propaganda será para os cargos de Governador, Senador e Deputado Estadual. Já nas terças, quintas-feiras e sábados, a propaganda veiculada será para os cargos de Presidente e Deputado Federal.
 

Além do horário obrigatório, haverá 70 minutos a cada dia da semana para inserções de 30 e 60 segundos.
 

Corrida presidencial
 

No último dia 23, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o tempo que cada candidato à Presidência da República terá durante a campanha na TV e no rádio. Geraldo Alckmin (PSDB) terá  maior tempo em tela. A coligação de nove partidos (PRB, PP, PTB, PR, PPS, DEM, PSDB, PSD e Solidariedade) rendeu ao tucano 5min32s. Já o ex-presidente Lula (PT) terá o segundo maior tempo, com 2min23s. Outros 13 candidatos terão menos de 30 segundos.
 

Ordem de entrada:

 
PRESIDENTE
 


- Marina Silva, 21 segundos no horário eleitoral e 29 inserções; 
 


- Cabo Daciolo (Patriota), oito segundos no horário eleitoral e 11 inserções; 
 


- Eymael (Democracia Cristã), oito segundos no horário eleitoral e 12 inserções; 
 


- Henrique Meirelles, um minuto e 55 segundos no horário eleitoral e 151 inserções; 
 


- Ciro Gomes, 38 segundos no horário eleitoral e 51 inserções; 
 


- Guilherme Boulos, coligação Vamos sem Medo de Mudar o Brasil (PSOL e PCB): 13 segundos e 17 inserções; 
 


- Geraldo Alckmin (PSDB), cinco minutos e 32 segundos no horário eleitoral e 434 inserções; 

 

- Vera Lúcia (PSTU), cinco segundos no horário eleitoral e sete inserções; 

 

- Lula (PT), dois minutos e 23 segundos no horário eleitoral e 189 inserções; 

 

- João Amoêdo (Partido Novo), cinco segundos e oito inserções diárias; 

 

- Álvaro Dias (Podemos), 40 segundos no horário eleitoral e 53 inserções; 

 

- Jair Bolsonaro (PSL), oito segundos no horário eleitoral e 11 inserções e 

 

- João Goulart Filho (PPL), cinco segundos no horário eleitoral e sete inserções.  
 

GOVERNADOR
 

- Francisco Gonzaga (PSTU), com 9 segundos
 


- Mikaelton Carantino (PCO), com 9 segundos

 

- Hélio Góis (PSL), com 10 segundos
 


- Ailton Lopes (Psol), com 17 segundos
 


- Camilo Santana (PT), com 6min18s
 


- General Theophilo (PSDB), 1min55s 
 


SENADO

 

- Cid Gomes (PDT), com 3min10s
 


- Eduardo Girão (Pros) e Dra. Mayra (PSDB), com 58 segundos
 


- Eunício (MDB) e Bardawil (Podemos), com 2min14s
 


- Anna Karina (Psol) e Pastor Simões (Psol), com 8 segundos
 


- João Saraiva (Rede), com 6 segundos
 


- Robert Burns (PTC), com 6 segundos
 


- Pastor Pedro Ribeiro (PSL) e Dr. Márcio Pinheiro (PSL), com 5 segundos

 

- Alexandre Barroso (PCO), com 4 segundos

 

- Magela (PSTU), com 4 segundos
 

INSERÇÕES
 

- Camilo Santana (PT) terá 685 inserções na propaganda contra 210 do General Theophilo (PSDB) e 31 de Ailton Lopes (Psol). O candidato do PSL, o advogado Hélio Góis, conta 19

Redação O POVO Online
TAGS