PUBLICIDADE
Notícias

PT diz que consultor do Vaticano foi impedido de ver Lula e mandou rosário em nome do papa; PF nega

Partido dos Trabalhadores informou que presente enviado pelo papa foi entregue nesta segunda-feira, 11, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba; PF nega acontecimento

21:18 | 11/06/2018
NULL
NULL
[FOTO1]
O ex-presidente Lula recebeu um presente especial nesta segunda-feira, 11, informou o Partido dos Trabalhadores (PT). Preso desde 7 de abril, Lula ganhou de presente um rosário do papa Francisco. O objeto teria sido entregue na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Curitiba. A PF nega o fato.
  
Em seu site oficial, o PT disse que o presente está em posse de policiais federais, que posteriormente entregarão o rosário ao "verdadeiro dono".
  
Ainda de acordo com o PT, o rosário teria sido enviado pelo advogado argentino Juan Grabois, consultor do Pontifício Conselho Justiça e Paz da Santa Sé. Porém, o portal de notícias UOL apurou que Grabois foi barrado pela PF "por não ser um sacerdote consagrado".
  
"Vim com muita esperança para trazer uma mensagem ao ex-presidente Lula e lamentavelmente, de forma um tanto inexplicável para mim, os funcionários da Superintendência, por uma ordem que entendi que vinha de cima, resolveram impedir a visita", disse o consultor ligado ao papa.

Redação O POVO Online
TAGS