PUBLICIDADE
Notícias

Marina Silva liga morte de Marielle à série da Netflix e é alvo de críticas nas redes

A ex-senadora apagou mensagem das redes sociais

16:31 | 24/03/2018
Publicação de Marina Silva (Rede) no Twitter comparou assassinato de Marielle Franco (Psol-RJ) à nova série da Netflix que conta história baseada em investigações da Operação Lava Jato. (Foto: Marina Silva/Twitter)
Publicação de Marina Silva (Rede) no Twitter comparou assassinato de Marielle Franco (Psol-RJ) à nova série da Netflix que conta história baseada em investigações da Operação Lava Jato. (Foto: Marina Silva/Twitter)

Atualizada às 18h52min

[FOTO1]

A ex-senadora e pré-candidata a presidente Marina Silva (Rede) foi alvo de críticas nas redes sociais após publicação no Twitter e veiculação de artigo em seu site pessoal nas quais faz ligações entre morte da vereadora Marielle Franco (Psol-RJ) e nova série da Netflix, "O Mecanismo". Após críticas, Marina excluiu o tuíte de seu perfil.

As duas publicações foram feitas nesta sexta-feira, 23, dia de estreia da série que se baseia na ação da Polícia Federal na Operação Lava Jato.

No tuíte, Marina usa imagem com o rosto da vereadora e os dizeres "Sangue no Mecanismo", que seguem a mesma identidade visual do material de divulgação da série da Netflix. Ao final da publicação, escreve a hashtagh "#OMecanismo", utilizada pelo próprio perfil oficial da série e da Netflix para divulgação.

No artigo em seu blog – com o título "Seremos capazes de desmontar o mecanismo?" –, Marina repete o termo "o mecanismo" sete vezes ao longo do texto, sempre com destaque em ítalico.

Segundo internautas, a ex-senadora estaria se utilizando da morte de Marielle para promoção política e poderia estar envolvida com a Netflix para divulgação conveniente da série. O crítico de cinema Pablo Villaça fez duras criticas a Marina.

"Essa é uma das atitudes mais vis que alguém pode tomar; usar a morte de alguém para fazer propaganda de uma série que mente para atacar o campo ao qual ela pertencia", disse Villaça, dando voz também à indignição de internautas com posicionamento político similar ao de Marielle, ao alegar que a série também bate em setores da esquerda. "Estou cancelando minha assinatura da Netflix", complementou.

 

[VIDEO1]

 

Em resposta ao tuíte de Marina Silva, a internauta Janise Carvalho questionou a utilização de "imagem de uma militante de esquerda" para "atacar a esquerda", classificando a atitude como "pior do que o seu sorriso maquiavélico em cima do caixão do seu companheiro de chapa" – referindo-se à morte do candidato à Presidência da República Eduardo Campos, em 2014.

Na tarde deste sábado, 24, Marina Silva fez uma nova publicação no twitter, onde agradece às críticas e assume ter excluido o post que causou a polêmica:

[FOTO2] 

TAGS