PUBLICIDADE
Notícias

Após julgamento, PT deve lançar pré-candidatura de Lula à Presidência com presença de Camilo

"Temos que rapidamente botar a campanha na rua. O processo eleitoral foi antecipado e não tem outra saída pra nós que não seja a mobilização de rua", frisou o deputado federal José Guimarães (PT)

21:50 | 23/01/2018
NULL
NULL
Com a presença do governador do Ceará, Camilo Santana, o Partido dos Trabalhadores (PT) vai reunir sua Comissão Executiva Nacional para lançar a pré-candidatura de Lula à Presidência da República. O evento está marcado para a manhã desta quinta-feira, 25, em São Paulo.
 
[FOTO1]
Já confirmado pela presidenta do partido, Gleisi Hoffmann, o evento deve reunir Lula e centenas de políticos e militantes. O deputado federal José Guimarães, também secretário de Assuntos Institucionais da Executiva, disse que o governador Camilo Santana (PT) é outra presença confirmada.
 
[SAIBAMAIS]
 
O evento deve ser realizado independentemente do resultado do julgamento do recurso de Lula pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), nesta quarta-feira, 24. 

“O País está mobilizado com a militância, o PT e a Frente Brasil Popular, que estão tendo participação muito significativa. Então, temos que rapidamente botar a campanha na rua. O processo eleitoral foi antecipado e não tem outra saída pra nós que não seja a mobilização de rua”, destacou Guimarães.
 
Entenda
 
Na véspera da reunião da Executiva, o TRF-4 julgará o recurso de Lula contra a condenação a nove anos e seis meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro imposta pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato em primeira instância. Caso a condenação seja confirmada, o petista poderá ser impossibilitado de se candidatar devido à Lei da Ficha Limpa. 
 
TAGS