PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

Ministro da Justiça se emociona e afirma que compromisso com o Rio de Janeiro é pessoal

Na sua fala,Torquato afirmou que a memória de uma cidade que "sabe viver em paz" é o que move seu compromisso com a segurança pública

16:25 | 13/11/2017
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )

[FOTO1]

O ministro da Justiça, Torquato Jardim, voltou a mencionar a segurança pública do Rio de Janeiro nesta segunda-feira, 13, três semanas depois de ter dito que o Comando da PM no Rio é gerido por deputados estaduais e pelo crime. Durante evento com o presidente Michel Temer e o governador carioca, Luiz Fernando Pezão (PMDB), Torquato se emocionou ao falar de sua infância e adolescência na cidade, época que, segundo ele, havia menos violência. A informação é do UOL.

Na sua fala, o ministro afirmou que a memória de uma cidade que "sabe viver em paz" é o que o faz do seu compromisso com a segurança pública algo pessoal.

Esta foi a primeira oportunidade em que Torquato e Pezão estiveram juntos desde a entrevista ao Blog do Josias, hospedado no UOL, no dia 31 de outubro, quando o ministro falou que o comando da PM fluminense é resultado de um acerto entre deputados estaduais e o crime organizado. Na oportunidade, ele ainda falou que comandantes de batalhão são sócios do crime organizado e falou do assassinato do tenente-coronel Luiz Gustavo Teixeira, ex-comandante do 3º BPM, na zona norte do Rio. Para ele, a morte não foi resultado de um assalto.

As declarações geraram uma crise institucional entre a pasta federal e o governo do Estado, com fortes reações de Pezão, do secretário de Estado de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, e do presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, que chegou a afirmar que o ministro mente, é irresponsável e age com má-fe.

O deputado afirmou que quando o responsável pela pasta diz que todos os comandantes estão alinhados com o crime organizado, é mentira. Ele ressalta que todos os maus profissionais têm sido punidos. Torquato não respondeu.

Pezão sobre Temer

No evento, Pezão elogiou a gestão de Temer, citando que o peemedebista está conseguiu atingir o menor nível de inflação da história do País e o maior saldo da balança comercial, feitos que, para o governador, não rendem primeira página de jornal e não é mostrado "no grande notíciario".

 

Redação O POVO Online

TAGS