PUBLICIDADE
Notícias

Em resposta à crítica, Bolsonaro ataca orientação sexual de jornalista estrangeiro

21:55 | 04/09/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

O deputado federal Jair Bolsonaro, pelo Twitter, ironizou a orientação sexual do jornalista norte-americano Glenn Greenwald, que lhe fez uma crítica. Greenwald, que já venceu o Pulitzer, o maior prêmio global de jornalismo, é radicado no Brasil, casado com o vereador carioca pelo Psol, David Miranda.

O jornalista criticou uma frase do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que classificou Bolsonaro como "competente", no momento em que opinava sobre seu crescimento nas pesquisas de intenção de voto. O americano chamou Bolsonaro de "cretino fascista". O presidenciável, então, respondeu em inglês: "Você queima a rosca? Não me importo! Seja feliz! Abraços para você!". Ele ainda disse que o jornalista segue a conduta "vitimista da esquerda". 

[VIDEO1]

Greenwald escreveu: "o deputado fascista responde minha crítica com uma nobre referência ao sexo anal gay, sempre em sua cabeça".

 

Redação O POVO Online

TAGS