PUBLICIDADE
Política
POLÍCIA FEDERAL

Anthony Garotinho é preso no Rio de Janeiro

O ex-governador foi preso enquanto apresentava o programa de rádio

11:01 | 13/09/2017

O ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, foi preso na manhã desta quarta-feira, 13, quando apresentava o programa diário na Rádio Tupi, em São Cristóvão, no Rio de Janeiro. A ordem é do juiz Ralph Manhães.

 

A prisão cumprida pela Polícia Federal vai ser domiciliar. De acordo com o Ministério Público Eleitoral (MPE), o ex-governador é suspeito de comandar esquema que realizava a trocava de votos pela inclusão de famílias no programa social Cheque Cidadão.

Segundo as investigações, o grupo comandado por Garotinho continua realizando crimes. Entre eles, ameaças a testemunhas e destruição de provas. Os indícios seriam necessários, portanto, para o pedido de prisão. 

Garotinho fará o uso de tornozeleira eletrônica, em uma residência no bairro da Lapa — Campos dos Goytacazes —, e não poderá usar telefones celulares, e terá o contato restrito com pessoas da família e advogados.  

O ex-deputado federal já foi condenado a dois anos de prisão, em 2010, por formação de quadrilha. Na época, as investigações apontavam que Garotinho havia acobertado um esquema organizado na Polícia Civil para facilitar os negócios de bicheiros.

No ano de 2013, o ex-governador liderou um leventamento feito pelo site Congresso em Foco como o parlamentar mais investigado da Câmara. Naquela época, Garotinho, filiado ao PR, era réu em uma ação e alvo de mais sete inquéritos. 

Redação O POVO Online 

TAGS