PUBLICIDADE
Notícias

Justiça Federal suspende atos administrativos para extinção de reserva na Amazônia

11:03 | 30/08/2017
NULL
NULL

[FOTO1]A Justiça Federal determinou a imediata suspensão de todo e qualquer ato administrativo para extinção da Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca). A decisão do juiz Rolando Spanholo, do Distrito Federal, afirma que a extinção da área não pode ser feita por decreto e sem decisão no Congresso Nacional, conforme a Constituição de 1988.
[SAIBAMAIS]

A liminar, que atende parcialmente a Ação Popular n. 1010839-91.2017.4.01.3400, foi publicada nesta terça-feira, 29.

 

Na semana passada, o governo brasileiro publicou um decreto que abriu uma área da Amazônia de 4 mil hectares para a exploração mineral privada. Após críticas, o texto foi alterado por um segundo decreto, publicado na noite de segunda que manteve a extinção da reserva e detalhou as condições de exploração.

Redação O POVO Online

TAGS