PUBLICIDADE
Notícias

Defesa de Lula protocola primeiro recurso contra sentença

Recurso pretende esclarecer "contradições, omissões e obscuridades na sentença"

15:41 | 15/07/2017
Lula em coletiva
Lula em coletiva
[FOTO1]A sentença que condenou Luiz Inácio Lula da Silva teve seu primeiro recurso protocolado na noite desta sexta-feira, 14, pelos advogados do ex-presidente. Conforme a Folha de S.Paulo, a defesa pretende esclarecer "contradições, omissões e obscuridades na sentença". 
 

Lula foi condenado, na última quarta-feira, 12, a nove anos e seis meses, no âmbito da Operação Lava Jato, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex de Guarujá. 
 
 
[SAIBAMAIS]Ainda de acordo com a Folha de S.Paulo, o recurso faz com que fique suspenso o prazo para apelar ao Tribunal Regional Federal, que analisa o caso em segunda instância. Decisão pode levar à inelegibilidade do ex-presidente. 
 
 
Defensores de Lula afirmam que há "ausência de imparcialidade" do juiz. "Denota-se uma análise completamente subversiva sobre os elementos de prova, evidentemente seletivo em favor da tese acusatória", escrevem.
 
 
Ainda segundo os advogados, a sentença do juiz "desprezou" depoimentos que eram a favor do petista, destacando que ele nunca foi proprietário do tríplex. A defesa afirma também que Moro ignorou as provas, apresentadas pelos advogados, de que o apartamento ainda está em nome da OAS.
 
 
Não há prazo para o juiz federal Sergio Moro decidir sobre os embargos. Ministério Público Federal ainda pode propor o mesmo recurso.
 
Redação O POVO Online
TAGS