PUBLICIDADE
Notícias

Palocci decide fazer delação premiada

O ex-ministro afastou seu advogado de defesa, pois o criminalista é contrário a esse tipo de acordo

18:30 | 12/05/2017
NULL
NULL

[FOTO1]Antonio Palocci vai negociar um acordo de delação premiada com os procuradores da Operação Lava Jato. Para isso, o ex-ministro afastou seu advogado de defesa, o criminalista José Roberto Batochio. As informações são da Folha de São Paulo.

 

Segundo apurou a publicação paulista, o afastamento de Batochio foi uma exigência da força-tarefa da Lava Jato, porque o criminalista é contrário a esse tipo de acordo.

 

A negociação da delação será feita por dois advogados de Curitiba, Adriano Bretas e Tracy Reinaldeti. Palocci é réu em dois processos na capital paranaense e teme que suas condenações possam ultrapassar os 30 anos de prisão. O próximo passo do ex-ministro é desistir do pedido de habeas corpus que está para ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Redação O POVO Online
TAGS