PUBLICIDADE
Notícias

MBL e Vem Pra Rua pedem renúncia e prisão de Temer pela primeira vez

Os principais movimentos que organizaram grandes protestos pelo impeachment de Dilma Rousseff pediram a renúncia e a prisão de Temer

16:40 | 18/05/2017
NULL
NULL

[FOTO2]

Após a eclosão da notícia de que o presidente Michel Temer teria dado aval para a compra do silêncio do deputado cassado Eduardo Cunha, pela primeira vez, os principais movimentos que organizaram grandes protestos pelo impeachment de Dilma Rousseff pediram a renúncia e a prisão de Temer.


Até aqui os movimentos vinham concentrando suas críticas em integrantes dos governos do PT e poupando Temer, mesmo quando ele foi alvo de denúncias, pelo papel desempenhado no impeachment de Dilma Rousseff e pelas reformas econômicas defendidas pelo seu governo.


A decisão do protesto contra Temer e à onda de reprovações vindas de movimentos ligados à esquerda ou ao PT pode significar mais um obstáculo à sobrevivência do peemedebista no Planalto, já que Vem Pra Rua e Movimento Brasil Livre têm forte aceitação entre setores que até hoje davam apoio a ele.


Além de milhões de seguidores nas redes sociais e bom diálogo com empresários, os grupos têm forte interlocução no Congresso onde seus representantes são vistos frequentemente discutindo apoio ou oposição a medidas legislativas com parlamentares de diferentes partidos.

[FOTO1]

Redação O POVO Online

TAGS