PUBLICIDADE
Notícias

Defesa de Temer desiste de suspender inquérito no Supremo Tribunal Federal

A defesa do presidente mudou a estratégia após contratar perícia para analisar o áudio divulgado

16:36 | 22/05/2017

A defesa do presidente Michel Temer (PMDB) desistiu, nesta segunda-feira, 22, de pedir a suspensão de inquérito do processo do peemdebista no Supremo Tribunal Federal (STF).

O advogado de defesa, Gustavo Guedes, contratou uma perícia própria que constatou 70 "pontos de obscuridade" na gravação da conversa entre Temer e Joesley Batista.

Guedes afirma ter segurança na perícia e quer agora que o inquérito prossiga para "provar a inocência" de Temer. As declarações do advogado foram dadas após encontro com o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte.

A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, determinou que o julgamento do pedido da defesa do presidente seja realizado após a conclusão da perícia no áudio da conversa entre Temer e Joesley.

"A gravidade e a urgência da deliberação do tema pelo plenário conduzem-me a liberar a pauta. Quando o ministro relator avisar estar habilitado a levar a questão, o pedido será julgado em sessão que será comunicada previamente aos ministros deste tribunal", disse.

 

Redação O POVO Online

TAGS