PUBLICIDADE
Notícias

Relator da CCJ emplaca aliado no governo antes de votar a favor de Cunha

Na manhã desta quarta, Fonseca acatou parcialmente o recurso enviado pelo presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), à CCJ

16:00 | 06/07/2016

Relator do recurso de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o deputado Ronaldo Fonseca (pros-DF) nomeou um aliado para a direção-geral do Arquivo Nacional antes de apresentar o parecer. Na sua decisão, Fonseca defendeu a anulação da sessão do Conselho de Ética que recomendou a cassação do mandado de Cunha.
[SAIBAMAIS 1]
A nomeação de José Ricardo marques foi publicada no Diário oficial da União (DOU) nesta quarta-feira, 6.

Na manhã desta quarta, Fonseca acatou parcialmente o recurso enviado pelo presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).


Em um parecer de mais de 70 páginas em que Fonseca analisa cada um dos 16 argumentos apresentados pelo peemedebista, Fonseca considerou apenas o questionamento sobre a votação que aprovou a cassação do mandato de Cunha, por 11 votos a 9, no Conselho de Ética da Casa, no último dia 14, ter ocorrido de forma nominal.

Redação O POVO Online

TAGS