PUBLICIDADE
Notícias

Câmara Municipal de Nova Olinda decide por prosseguimento de cassação do prefeito

Ronaldo Sampaio (PDT) já foi afastado do cargo duas vezes por suspeita de empregar ex-namorada como "funcionária fantasma" da Prefeitura

16:31 | 21/07/2016

A Comissão Processante da Câmara Municipal de Nova Olinda, município do interior do Estado, decidiu por unanimidade prosseguir com o processo de cassação do prefeito Ronaldo Sampaio (PDT). 

A decisão da Câmara acontece após o prefeito retornar ao cargo no dia 15 deste mês por liminar do Supremo Tribunal de Justiça (STJ). O prefeito já havia sido afastado outras duas vezes por suspeita de empregar sua ex-namorada como servidora do município enquanto ela morava no interior do Maranhão.

Apesar do prosseguimento do processo, o prefeito continua na chefia do executivo municipal. Na próxima quinta-feira, 28, vai ser colhido o depoimento do prefeito e haverá a oitiva das testemunhas da defesa.

A expectativa do vereador Francisco Vande, Presidente da Comissão, é que a ela conclua os trabalhos até o final de agosto e que no início de setembro o plenário da Casa decida pela cassação ou não do mandato do prefeito.

 
Redação O POVO Online, colaborou Amaury Alencar

 

TAGS