PUBLICIDADE
Notícias

MST ocupa fazenda ligada a Temer em São Paulo

Movimento afirma que há irregularidades na propriedade e aproveita para protestar "contra o golpe"

09:52 | 09/05/2016

Atualizada às 11h12min

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) ocupou no início da manhã desta segunda-feira, 9, uma fazenda no interior de São Paulo que, segundo o próprio movimento, é ligada ao vice-presidente Michel Temer (PMDB).

Em nota, o MST diz que o objetivo é "denunciar conspirações golpistas" de Temer, que pode assumir a presidência do País nesta quarta-feira, 11, caso Senado aprove afastamento temporário de Dilma Rousseff (PT) do cargo.

A fazenda fica localizada nas proximidades de Bauru. O MST também informa que não hpa registros da terra no nome de Temer, mas que "é recorrente para os moradores da cidade a noção de quem é o verdadeiro dono da área".

A fazenda tem cerca de 1500 hectares e pertence à empresa Argeplan. A assessoria do vice-presidente, por meio de nota, negou que a fazenda seja de Temer. Seguno texto, o vice não possui fazenda e que "a propriedade é de terceiros".  As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

Redação O POVO Online

TAGS