PUBLICIDADE
Notícias

Jucá diz que pediu para sair de Ministério para evitar "manifestações babacas"

A fala foi feita na primeira vez que subiu à tribuna após afastamento da pasta, nesta terça-feira, 24

12:42 | 24/05/2016

Senador e ex-ministro de Plenejamento, Romero Jucá (PMDB-RR) afirmou, na primeira vez que subiu à tribuna após afastamento da pasta, que saiu para evitar "esse tipo de manifestação atrasada, irresponsável e babaca de algumas pessoas".

"Não cometi nenhum ato de irregularidade. O presidente Michel Temer pediu que eu continuasse no ministério, (...) eu encaminhei ao seu Rodrigo Janot solicitando informação se na minha fala que foi gravada, à minha revelia, se há algum crime ou alguma imputação de conduta irregular. Falei com o presidente Michel, me afastei enquanto a PGR não responder a essa questão. Estou muito tranquilo", disse.

Em sua fala, ele comparou o governo de Michel Temer (PMDB) com o, segundo ele, "governo atrasado" de Dilma Rousseff (PT), que "enganava a população e fez um golpe quando mentiu na eleição de 2014 e imputou a outros candidatos o que ela faria depois".

Redação O POVO Online

TAGS