PUBLICIDADE
Notícias

Governo suspende novas vagas do Pronatec, Prouni e Fies

Pronatec, Prouni e Fies não devem ter novas vagas abertas este ano pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), comandado por Mendonça Filho (DEM)

14:10 | 23/05/2016

Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), Programa Universidade para Todos (Prouni) e Financiamento Estudantil (Fies) não devem ter novas vagas abertas este ano pelo novo governo do presidente em exercício Michel Temer (PMDB). São efeitos das medidas de contingenciamento previstas para o Ministério da Educação, comandado por Mendonça Filho (DEM).

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o ministro pretende honrar as vagas que já foram contratadas, mas a perspectiva de abrir novas inscrições é apenas para o ano que vem ou, numa visão otimista, nos últimos meses de 2016.

A decisão de abrir ou não novas vagas depende somente de um balanço financeiro que deverá ser realizado pelo ministro. Novos gestores do MEC têm afirmado que a pasta tem "musculatura" para administrar grandes projetos, mas esse potencial estaria sendo mal aproveitado.

Bolsas
Uma crítica de Mendonça ao antigo MEC é uma suposta "desorganização e pulverização" dos sistemas de bolsas oferecidas a estudantes socialmente vulneráveis. O ministro gostaria de unificar os critérios de seleção para as bolsas e, no caso do Prouni, intensificar o que chama de premissa da meritocracia. O estudante recebe a bolsa, mas deve apresentar bons resultados.

Hoje, o Prouni exige apenas que o bolsista tenha aproveitamento mínimo de 75% das disciplinas cursadas no semestre.

Redação O POVO Online

TAGS