PUBLICIDADE
Notícias

"Cutucaram o cão com a vara curta", disse Lula em discurso na cidade de São Paulo

O discurso do ex-presidente foi aclamado pelos militantes do PT

22:32 | 04/03/2016
NULL
NULL

"Hoje é o dia da indignação para mim", disse o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que se emocionou algumas vezes, durante o discurso na noite desta sexta-feira, 4, em um ato no Sindicato dos Bancários, no Centro de São Paulo. Na ocasião, ele se pronunciou sobre o andamento da 24ª etapa da Operação Lava Jato, que tem como alvo principal o petista. No discurso, militantes do Partido dos Trabalhadores (PT) gritavam palavras de ordem a favor do petista.

"Foram lá e pegaram minha família toda. Não sei como não pediram a exumação da minha mãe, que já morreu. As perguntas foram as mais esdrúxulas possíveis. Só falta perguntar você conhece o Wagner? Conheço. Conhece o Vaccari? Conheço", reclamou Lula sobre o andamento das investigações da Operação Lava Jato.

Ainda no pronunciamento, o ex-presidente afirmou que irá viajar pelo País a convite de movimentos populares. "Se alguém pensa que vai me calar com perseguição e denúncia, não sabe que eu sobrevivi à fome. Não sou vingativo, não carrego ódio, mas tenho consciência do que eu posso fazer por esse povo. E do que eles querem de mim. Se estão precisando de alguém para animar este tropa, o animador está aqui. Este jovem com 70 anos de idade, com tesão de um jovem de 30, com corpo de um atleta de 20. Eu não tenho preguiça de acordar cedo", disse. Ele não falou oficialmente sobre a sua candidatura às eleições de 2018.

Lula aproveitou a ocasião para falar sobre a sua gestão como Presidente da República. "Banqueiro ganhou muito dinheiro no meu governo, empresários ganharam muito dinheiro no meu governo, mas os trabalhadores ganharam dinheiro como nunca no meu governo. As pessoas mais pobres deste país começaram a poder visitar um shopping, a comer hambúrguer que não podiam comer", falou.

E continuou: "Eu virei o melhor presidente da república que este país já teve. Eu passei a ser o melhor presidente do começo do século XXI do mundo inteiro. O mundo inteiro admirava o que nós tínhamos feito. Como que pode aquele país, que era considerado uma republiqueta de bananas, que só era lembrado por carnaval e futebol? Como é que pode ele eleger um presidente torneiro mecânico e semi-analfabeto. Como é que pode todo ano os trabalhadores ter aumento real de salário?"

Preconceito à Dilma

"Nunca vi uma pessoa ser tão agredida como a Dilma. Muito mais grave do que o preconceito contra mim, é o preconceito contra a mulher. O preconceito é de tal magnitude, que eles não concebem a ideia de uma mulher governar o país. Independentemente de medir a qualidade profissional, política, nacional, é puro preconceito. Porque neste país, a mulher conquistou o voto apenas na cidade de Mossoró em 1927, se não me engano. Neste país, mulher sempre foi tratada como objeto de cama e mesa e nunca mais, e nunca mais do que isso", afirmou Lula.

No pronunciamento, Fernando Haddad (PT), prefeito de São Paulo, Rui Falcão, presidente do Partido dos Trabalhadores e o senador Lindbergh Farias também discursaram.

Frases de Lula

"Cutucaram o cão com a vara curta".

"Se eles tiverem que me derrotar, vão ter que me enfrentar nas ruas deste país".

"Eu virei Presidente da República em função de um mérito pessoal, porque eu tenho noção das minhas limitações intelectuais, mas eu fui eleito em função da consciência política do brasileiro que me elegeu."

Redação O POVO Online

TAGS