PUBLICIDADE
Política
NOTÍCIA

No Ceará, apenas um deputado compareceu a todas as sessões da Câmara

Quando o levantamento abrange todos os deputados do País, menos de 4% dos 513 estiveram presentes em todos os dias em que o comparecimento era exigido

16:53 | 12/01/2016
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )

O deputado Ronaldo Martins (PRB) foi o único entre os 22 parlamentares cearenses na Câmara dos Deputados a comparecer a todas as sessões deliberativas em 2015, ou seja, todos os dias em que é exigida a presença dos integrantes da Casa. O levantamento foi feito pelo O POVO nesta terça-feira, 12. Levantamento semelhante, feito pelo site Congresso em Foco, mostrou que, dos 513 deputados do Brasil, apenas 19 foram assíduos durante o ano.
[SAIBAMAIS 3]
Na atual legislatura, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), endureceu as regras para os faltosos na Casa. Passaram a ser justificadas apenas faltas por licença médica ou devido à missão oficial. Antes, atividades partidárias também abonavam a ausência.

Em seu primeiro mandato, Ronaldo Martins pontua que a presença em todas as sessões deliberativas é resultado do esforço pelo mandato. Ele destaca que houve mudança na rotina da Casa para atual legislatura. “Dias de quinta-feira, por exemplo, mesmo que não tenha votação, o deputado não pode mais dar presença e sair, tem de ficar até as 5 horas da tarde”, ressalta.

“Se faltar é descontado no salário, o prejuízo é grande. E o deputado perde o trabalho na Câmara se não tiver acompanhando as comissões e as votações no plenário”, afirma Martins.

O deputado com maior número de faltas é Domingos Neto (PMB). No entanto, todas são justificadas devido à missão oficial. O maior número de faltas não justificadas é do deputado Macedo (PSL), com 17; seguido por Genecias Noronha (SD), com 11; e Danilo Forte (PSB), com sete.

Também tiveram poucas faltas em sessões deliberativas os deputados Leônidas Cristino (Pros), com duas ausências; Chico Lopes (PCdoB), com 3; e o líder do Governo, José Guimarães (PT), com 3.

Nacional
Quando o levantamento abrange todos os deputados do País, menos de 4% dos 513 integrantes da Casa estiveram presentes em todos os dias em que o comparecimento era exigido. Apenas 19 foram assíduos, dos quais 11 são deputados em primeiro mandato.

São eles: Manato (SD-ES); Carlos Henrique Gaguim (PMB-TO); Conceição Sampaio (PP-AM); Delegado Edson Moreira (PTN-MG); Flavinho (PSB-SP); Glauber Braga (Psol-RJ); Hermes Parcianello (PMDB-PR); José Stédile (PSB-RS); Lincoln Portela (PR-MG); Márcio Alvino (PR-SP); Marcos Rotta (PMDB-AM); Miguel Haddad (PSDB-SP); Miguel Lombardi (PR-SP); Professor Victório Galli (PSC-MT); Ronaldo Martins (PRB-CE); Sóstenes Cavalcante (PSD-RJ); Tenente Lúcio (PSB-MG); Tiririca (PR-SP) e Weliton Prado (PMB-MG).

[VIDEO1] 

TAGS