PUBLICIDADE
Notícias

Diretório do PT se reúne para "tomar medidas" contra infieis

Durante a campanha eleitoral, alguns petistas fizeram campanha para candidatos adversários de Camilo Santana (PT)

16:53 | 01/12/2014
NULL
NULL
O Diretório Estadual do PT no Ceará terá reunião no próximo dia 18 para tratar de casos de infidelidade partidária durante eleição deste ano. Durante a campanha eleitoral, alguns petistas fizeram campanha para candidatos adversários de Camilo Santana (PT). Segundo o presidente da legenda, De Assis Diniz, serão “tomadas medidas” contra correligionários que não seguiram posições aprovadas pelo partido para o pleito.

Sem citar nomes ou casos específicos, De Assis afirma que foi feito levantamento da situação do partido em diversos municípios, que deverá ser analisado pelo grupo no dia 18. “O Diretório vai se posicionar. Temos municípios que passarão por readequação, temos dirigentes que estão peedindo para sair. Vamos aguardar essas questões, mas medidas serão tomadas”.

[SAIBAMAIS 1]Em outubro deste ano, De Assis disse que expulsão de infiéis era cogitada. Entre petistas, pelo menos o deputado federal Eudes Xavier e Luiza Lins, mãe da ex-prefeita Luizianne Lins, fizeram demonstrações públicas de apoio à candidatura de Eunício Oliveira (PMDB).

“Vamos acionar a comissão de ética para enquadrar por infidelidade partidária”, disse, à época, De Assis Diniz.

Redação O POVO Online
TAGS