PUBLICIDADE
Notícias

Congresso retoma votação de projeto que flexibiliza meta fiscal

18:40 | 09/12/2014
Deputados e senadores iniciaram no fim da tarde desta terça-feira, 09, a sessão conjunta do Congresso Nacional para apreciar o projeto que muda a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014 e flexibiliza a meta fiscal do governo federal. Os parlamentares estão votando a última emenda para concluir o processo de votação. O PSDB está em obstrução.

Na semana passada, os parlamentares passaram quase 19 horas no Congresso votando a proposta. A sessão se estendeu até as 5h da madrugada de quinta-feira, 04, e a votação só não foi concluída por falta de quórum.

No gramado do Congresso Nacional foi estendida nesta tarde uma faixa com os dizeres: "Venceremos a corrupção". Como na última sessão conjunta, a galeria do plenário foi fechada para visitação.

O quórum foi atingido perto das 19h20 com 281 deputados e 44 senadores em plenário. Os partidos de oposição abriram os trabalhos com um pedido de inversão de pauta, manobra regimental utilizada para retardar a votação. O presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), indeferiu o pedido e o líder do DEM na Câmara, Mendonça Filho (PE), acusou o peemedebista de "tratorar" para concluir a votação de forma rápida. Mendonça reclamou da votação em "toque de caixa" imposta pelo governo.

TAGS