PUBLICIDADE
Notícias

Cid Gomes teria aceitado ministério em visita a Brasília, diz jornal

13:58 | 17/12/2014
O governador do Ceará, Cid Gomes (Pros), que esteve em Brasília na terça-feira, 17, teria desistido da vaga de consultor no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para assumir o Ministério da Educação. A informação foi veiculada no jornal Estado de Minas nesta quarta-feira, 17.

Desde o final da eleição, o nome de Cid é apontado como um dos principais cotados para assumir o Ministério da Educação no segundo mandato de Dilma Rousseff (PT). De acordo com a Agência Estado, Cid e Dilma conversaram na narte de ontem. Apesar de Cid ter dito que quer morar no Exterior, há informações nos bastidores de que o governador está procurando imóvel para alugar em Brasília, segundo a agência.
[SAIBAMAIS 2]
Hoje, Cid está na cidade de Granja, no Interior cearense, onde inaugura escola técnica. A assessoria do governador disse desconhecer a informação de que foi acertada a mudança. 

Com a confirmação de Cid para o Ministério, o petista Henrique Paim deve voltar a ser secretário executivo do MEC, conforme o Estado Minas. Outra pasta pode sofrer mudanças com ida de Cid para a Esplanada: a Integração Nacional. O ministério atualmente é comandado por um afilhado dos irmãos Cid e Ciro Gomes, Francisco Teixeira.

Na quinta-feira, 11, pelo Facebook, Cid negou boatos de que teria dispensado assumir a Educação para evitar que o senador Eunício Oliveira (PMDB), seu desafeto político, assumisse a pasta da Integração Nacional.
Redação O POVO Online
TAGS