PUBLICIDADE
Notícias

Servidores do Itamaraty fazem protesto por reembolso

13:20 | 10/11/2014
Funcionários do Itamaraty fazem manifestação nesta segunda-feira, 10, em protesto ao atraso no pagamento do reembolso dos aluguéis no exterior. O protesto ocorre no mesmo momento em que o ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo, recebe durante almoço embaixadores estrangeiros que foram credenciados nesta segunda-feira, 10, pela presidente Dilma Rousseff.

Segundo relato feito pela presidente do sindicato da categoria (SindItamaraty), Sandra Malta dos Santos, sobre reunião realizada na sexta-feira, 07, o ministro prometeu que o reembolso será pago até o final desta semana. Ele afirmou, de acordo com a sindicalista, que o crédito suplementar que permitirá a liberação dos pagamentos deve ser assinado esta semana. Ao saber que manifestações de servidores estavam marcadas para os próximos dias, o ministro teria afirmado que elas poderiam "dificultar a liberação dos recursos". Uma nova assembleia foi marcada para esta segunda, quando os servidores decidiriam se mantinham ou não a programação. Resolveram, portanto, fazer o protesto.

Os servidores não recebem os recursos desde setembro, quando o orçamento do Itamaraty para o ano terminou. Naquele mês, apenas dois postos receberam a verba porque são países em que o contrato é trimestral. O pagamento foi feito pelos três meses anteriores. Os demais postos não receberam os valores de setembro. Estão atrasados também os pagamentos de outubro e já o de novembro, que deveria ter entrado até o dia 5. O Congresso aprovou um crédito suplementar, mas os recursos ainda não foram liberados pelo Tesouro.

Já há alguns meses, o Tesouro vinha atrasando o repasse mensal chamado duodécimo, usado para pagar as despesas correntes. Todos os meses, os recursos eram repassados no último dia possível. Como o Itamaraty precisa trocar os reais por dólares antes de distribuir para os postos no exterior, o dinheiro já estava chegando com atraso.

TAGS