PUBLICIDADE
Notícias

Senadores tentam barrar Cardozo no STF; Eunício entre eles

Oposição seria por atuação da Polícia Federal, subordinada à pasta de Cardozo, em relação a líderes de partido

12:08 | 10/11/2014
Eunício Oliveira (PMDB) estaria entre grupo de quatro senadores do PMDB que tentam barrar ida do ministro da Justiça José Eduardo Cardozo (PT) para o STF. O ministro é cotado para a vaga aberta pela aposentadoria do ex-presidente da Corte Joaquim Barbosa, que deixou o Tribunal em julho. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com a reportagem, publicada nesta segunda-feira, 10, a antipatia dos senadores Eunício Oliveira, José Sarney (AP), Lobão Filho (MA) e seu pai, o ministro de Minas e Energia Edson Lobão, seria a atuação da Polícia Federal, ligada à pasta da Justiça, em temas que atingiram líderes da legenda.

Em 4 de outubro, a esposa de Eunício, Mônica Paes de Andrade, foi revistada por agentes federais no aeroporto internacional Pinto Martins, em Fortaleza. Segundo informou a assessoria do senador à época, o motivo da revista não foi dado, o que o teria deixado “irritadíssimo”.

O PMDB tem hoje a maior bancada do Senado. Se Cardozo for de fato indicado e tiver seu nome vetado pela Câmara Alta, seria a primeira vez que o chefe do Executivo sofreria tal derrota desde o veto ao nome de Cândido Barata Ribeiro, indicado por Floriano Peixoto em 1893. Diferentemente do professor de direito constitucional José Eduardo Cardozo, entretanto, Barata Ribeiro era médico.

Redação O POVO Online
TAGS